A UM APOSTADOR

moças, rapazes,
 
tô com o poema e não abro: o páreo é dentro, é interno, é em mim, e corro por fora, para melhor observar, observar de fora, da margem, do alto, por sobre, aéreo, mas aéreo e atento, lúcido, para melhor mirar, para melhor reter.
 
essa é a minha aposta.

e fim.

 
aproveitem as linhas!
 
beijo!
o preto.
_______________________
 
(autor: Duda Machado. livro: Crescente. editora: Duas Cidades.)
 
A um apostador
 
pra mim

o páreo
é dentro

corro
por fora

(aéreo,
atento)

e fim.

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: