PROEMA = PROSA EM POEMA

pessoas,
 
uma das razões para que este espaço tenha o nome que tem se deve a existência destes versos. 
 
“prosa em poema” é o título que cabe à minha proposta: a de clarificar por que as linhas escolhidas me tocam, me sensibilizam. os meus textos tentam desnudar a razão de ser disto tudo na minha existência. portanto, é uma espécie de diálogo, de prosa, que travo com as linhas, com os textos e poemas postados; é a prosa que enxergo nos versos, o diálogo que desenvolvo com eles.
 
[proema = prosa + poema = prosa em poema]
 
poesia comunica, significa, por mais hermética, encerrada em si. pois que: verde, o sinal vermelho: isto é: o sinal que (a)parece fechado, sinal de impedimento, vermelho, na verdade, está aberto, está verde, visto que a poesia se propõe sempre às brechas, se dispõe sempre a um diálogo, a uma conversa, a uma prosa, com o seu leitor.  
 
beijo bom em todos.
o preto.
__________________________________
 
(do livro: distraídos venceremos. autor: paulo leminski. editora: brasiliense.)
 
PROEMA
 
      Não há verso,
tudo é prosa,
      passos de luz
num espelho,
      verso, ilusão
de ótica,
      verde,
o sinal vermelho.
 
      Coisa
feita de brisa,
      de mágoa
e de calmaria,
      dentro 
de um tal poema,
      qual poesia
pousaria?
Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: