INICIAL

pessoas,
 
este poema lhes segue como um presente que, primeiramente, me foi dado pelo meu grande amigo de fé, meu irmão camarada (rs), césar guerra chevrand.
 
ele me escreveu que gostaria de compartilhar as linhas abaixo comigo. porém, tão lindas, tão significativas, e vindas de quem vem, que não resisti em dividi-las com vocês, apreciadores de poesia.
 
na obra da poeta sophia de mello breyner andresen, o mar possui lugar cativo. quem conhece a escritora portuguesa, bem sabe da sua adoração por águas marinhas.
 
césar, my lovely boy, muitíssimo obrigado pelo presente! as linhas eu já conhecia, mas tudo o que é bom faz bem re–conhecer, reler, reaver, re–ter. e vindo de quem vem (rs)… beijo enorme em você!
 
um outro bom em todos!
o preto,
paulo sabino / paulinho.
__________________________
(foto: césar guerra chevrand)
Anúncios

2 Respostas

  1. Pois é, Preto.

    Já estava na hora de eu dar as caras por aqui, né? rs

    O Oceanário de Lisboa é repleto desses achados da Sophia.
    Impossível não lembrar de você, my love.

    Obrigado pelas palavras carinhosas de hoje e de sempre.

    O Prosa em Poema vai de bem a melhor.

    Beijo grande.

    • sou eu quem agradeço, my sweet child. hoje e sempre.

      por tudo.

      TE AMO!!

      sempre sempre sempre,
      o seu preto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: