O QUE PERDURA: O OFERTADO

Sei de outro mar mais belo do que este
que contemplo na praia admirada,
e renuncio a tudo o que é antigo
abrindo o coração ao que há de vir
 
e pode, sendo novo, machucar,
como um sapato aperta no começo,
como as mães ao parir choram de dor,
e nos ferimos ao colhermos rosas.
 
(trecho do poema “sei de outro mar mais belo do que este”, de inês cavalcanti)
____________________________________________________________________
 
o amor que dediquei a outros, e dedico, e dedicarei, ecoa no meu peito e sei chorá-lo em mil poesias.
 
dedicar-me incessantemente ao amor e aos seus ineditismos, e às suas novidades, ainda que machuquem: como o sapato novo, que aperta no começo; como a dor do parto, trazendo vida nova, ciclo que inicia; como quando colhemos rosas e nos ferimos nos seus espinhos.
 
aceso pelo amor, inflamado pela chama: o sentimento, de tão poderoso, de tão forte, manifesta-se, inclusive, no que não é prometido e que finda concedido, tornando a ação de amar a mais absoluta.
 
e o que sucede desde então, desde o amor & suas oblatas, não cabe, nem caberia, dizer na poesia. afinal, por mais bem escrita a definição, definição nenhuma consegue abarcar todo o matiz, todo o colorido, que comporta o amor & sua formosura.
 
(um belo início de semana e um ótimo feriado a todos!)
 
beijo afetuoso,
paulo sabino / paulinho.
____________________________________________________________________
 
(do livro: Anawin. autora: Inês Cavalcanti. editora: Ibis Libris.)
 
 
O AMOR QUE EU DEDIQUEI A OUTRA PESSOA
 
O amor que eu dediquei a outra pessoa
E dei a quem nada devera dar
E às vezes no meu peito ainda ecoa
E nas mil poesias sei chorar,
Esse é o amor que eu vou depositar
Aos pés de quem amar a formosura,
Os teus, real senhor desse lugar,
Como se fosse alguma escrava tua.
Toda coberta e já aos poucos nua,
Deitando-me depressa ao pé de ti,
Estarei lá trêmula de ternura
Querendo dar-te o que não prometi
 
E o que acontecerá desde esse dia
Não caberá dizer na poesia.
Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: