TOMARA!

_____________________________________________________________
 
Para o Gly
 
 
tomara, meu deus, tomara que tudo que nos separa — preconceito, ódio, dor, inveja — não justifique, não valha! tomara, meu deus!
 
tomara, meu deus, tomara que tudo que nos amarra só seja amor, malha rara, malha que protege & abriga, tomara, meu deus!
 
tomara, meu deus, tomara (que tudo que nos amarra só seja amor), e o nosso amor, sendo malha rara, se declara muito maior & não pára em nós, avançando pela cidade, país afora, no desejo genuíno de bem-estar para todos.
 
o desejo genuíno de bem-estar para todos: afinal, uma nação solitária (uma nação apartada, isolada, desacompanhada, uma nação onde não haja cooperação) não pára em nós, em nós não estaciona, assim como não pára em nós o nosso amor, que expande na cidade, país afora, no desejo genuíno de bem-estar para todos.
 
tomara, meu deus, tomara: uma nação solidária (acorda, brasil!), sem preconceitos (tomara!), uma nação como nós.
 
(você me abre seus braços & a gente faz um país!)
 
tomara, meu deus, tomara: o nosso amor, malha rara, e a nação, solidária.
 
(uma nação como nós.)
 
beijo todos!
paulo sabino.
______________________________________________________________
 
(autores: Alceu Valença / Rubem Valença Filho.)
 
 
 
TOMARA
 
 
Tomara, meu Deus, tomara
Que tudo que nos separa
Não frutifique, não valha
Tomara, meu Deus
 
Tomara, meu Deus, tomara
Que tudo que nos amarra
Só seja amor, malha rara
Tomara, meu Deus
 
Tomara, meu Deus, tomara
E o nosso amor se declara
Muito maior e não pára em nós
Se as águas da Guanabara
Escorrem na minha cara
Uma nação solitária
Não pára em nós
 
Tomara, meu Deus, tomara
Uma nação solidária
Sem preconceitos, tomara
Uma nação como nós
______________________________________________________________
 
(do site: Youtube. áudio extraído do cd: 7 Desejos. artista & intérprete: Alceu Valença. canção: Tomara. autores da canção: Alceu Valença e Rubem Valença Filho. gravadora: EMI.)
 
Anúncios

4 Respostas

  1. Sempre que me deparo com a sua generosidade para com a literatura, a arte e principalmente, para com o coletivo eu me convenço que há um ser humano possível, justo, coerente e mais doce..d Independente do talento inegável so artista Alceu, o papel do Homem Paulo Sabino faz mais reluzente as estrelas de nossa cultura.
    Suas palavras deveriam adornar murais, querido.
    Um beijo.

    • comentando via celular, algumas letras ficaram trocadas… perdoe. 🙂

      • Mais que perdoada, mais que amada! 😉

        Beijão, meu doce!

    • Meu doce mais doce que qualquer doce que possa existir,

      Que lindas as suas palavras! Estou emocionadíssimo, caramba!

      Muitíssimo obrigado! Nem sei muito o que dizer… apenas que me sinto muitíssimo honrado, porque a minha admiração por você, e você sabe disso, é na mesmíssima moeda.

      Beijo beijo beijo!

      (Que bom contar com você nesta trajetória, meu amor!)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: