UM DOMINGO

Pão-de-açúcar

______________________________________________________________________

hoje amanheceu um domingo.

e não me escapa este domingo de ser domingo:

soberbo, isto é, grandioso, magnífico, um domingo enxuto, em que se eliminou ou reduziu o que é excessivo ou supérfluo, um domingo enxuto, sem lágrimas, sem lembranças que emocionem (sem infância & seu tempo passado), um domingo ávido de si, um domingo que só olhe para o seu umbigo, um domingo preocupado em se dar enquanto domingo.

um domingo rútilo, um domingo cintilante, reluzente, um domingo em pêlo & sem mais sentido que o sentido próprio de ser um domingo soberbo, enxuto, sem infância, ávido de si:

à espreita de uma surpresa, à espera de algum deleite.

(que assim seja.)

um ótimo domingo a todos!

beijo nocês tudo!
paulo sabino.
______________________________________________________________________

(do livro: A estrela fria. autor: José Almino. editora: Companhia das Letras.)

 

 

UM DOMINGO

 

Não me escapa este domingo
de ser domingo: soberbo

um domingo enxuto,
sem infância,
ávido de si,
do seu umbigo,

um domingo rútilo,
em pelo
e sem mais sentido:
à espreita de uma surpresa,
de algum deleite.

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: