ETERNO APRENDIZ: MUDA

Muda

______________________________________________________________________

a gente muda.

(tudo muda, o tempo todo, no mundo.)

a gente muda, a gente se transforma, a gente se modifica, com o passar do tempo.

o paulo sabino de hoje, com 36 anos, não é o mesmo paulo sabino com 26 anos, que também não foi o mesmo paulo sabino com 16 anos, que também não foi o mesmo com 6 anos, e que também não será o mesmo com 46, ou 56, ou 66 anos.

as mudanças são inerentes à existência.

(tudo muda, o tempo todo, no mundo.)

a gente muda, a gente se transforma, a gente se modifica, com o passar do tempo.

e a gente, além de mudar, a gente, muda. a gente, além de mudar, a gente, sempre, muda.

muda: segundo o dicionário houaiss, “planta no início de sua evolução”.

nós, gente, nós, seres humanos, somos seres, por mais crescidos & adultos, sempre muito pequenos frente ao universo que nos abriga & que — justamente por nossa pequenez frente à grandiosidade do universo — desconhecemos desde sempre, numa ignorância atávica. essa ignorância, atávica, devido à nossa pequenez frente ao universo imensurável, nos leva a errâncias, nos leva a caminhos incertos, nos leva a caminhos duvidosos, nos leva a caminhos sujeitos a mudanças.

frente à grandeza do mundo, não passamos de mudas, frente à grandeza do mundo, não passamos de plantas pequeninas, frente à grandeza do mundo, não passamos de plantas nanicas: nunca, a gente, ramagem encorpada, nunca, a gente, árvore aprontada, nunca, a gente, frondosa na estrada: sujeitos a errâncias, sujeitos a mudanças, por conta da nossa pequenez frente ao universo imensurável: seres inacabados, inconstantes, incoerentes, incompletos.

(é justamente essa incompletude que nos impulsiona à vida, que nos impulsiona a descobertas.)

a gente muda muda muda, sempre muda, sempre se transforma, sempre se transmuta, e sempre planta pequenina, e sempre planta nanica, frente à grandeza do universo que nos abriga.

a gente muda muda muda, e parte, e vai embora, e deixa muita coisa pela estrada.

(é justamente esse movimento, o de partir, o de ir embora, o de quebrar, o de romper consigo, que faz com que o paulo sabino de hoje, com 36 anos, não seja o mesmo paulo sabino com 26 anos, que também não foi o mesmo paulo sabino com 16 anos, que também não foi o mesmo com 6 anos, e que também não será o mesmo com 46, ou 56, ou 66 anos.)

porém contudo entretanto todavia, ao mesmo tempo em que a gente parte, ao mesmo tempo em que a gente vai embora, ao mesmo tempo em que a gente se deixa, parte de nós, na estrada, perdura, parte de nós, na estrada, permanece, parte de nós não parte na estrada: só o que nos interessa, só o que nos importa, continua.

a gente muda muda muda & parte, vai embora, deixa um tanto da gente — não tudo da gente — no meio da estrada. o que a gente não larga, o que a gente não abandona, perdura (sabe-se deus até quando…).

a gente: sempre muda: a gente: sempre planta pequena, nanica, sempre planta em desenvolvimento, nunca árvore aprontada.

(e que bom: é justamente essa incompletude que nos impulsiona à vida, que nos impulsiona a descobertas.)

sigamos eternos aprendizes da vida.

(tudo muda, o tempo todo, no mundo.)

beijo todos!
paulo sabino.
______________________________________________________________________

(autor: Paulo Sabino.)

 

a gente muda muda muda
sempre muda

nunca ramagem encorpada
nunca árvore aprontada
nunca frondosa na estrada

muda muda muda
e parte
perdura

__________________

(Para Ana Paula Mattos.)

Anúncios

4 Respostas

  1. Adorei, minha muda eterna. Adorei mais ainda porque dedicou à Ana. Saudade de vocês que deu…..ai….muitos ais… Porque a gente muda e nunca árvore frondosa, mas as partes, os momentos, o que fomos, sempre fica.
    Um beijo enorme no seu coração.
    Carol

    • Ô, meu amor,

      Que bom te ler aqui! Porque o início desse poema tem a ver com você. E isso é tão bonito…

      Esteja sempre por perto, viu?

      Te amo! Te amamos (falo pela Ana também)!

      Beijo do seu preto.

  2. Paulo,

    lindo! lindo! Salve!

    • Ô, meu poeta querido benvindo & talentosíssimo,

      Vindo de você, ganhei a noite! Que bom saber, que satisfação!

      Beijo IMENSO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: