NASCER – CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

Gente poética, este poema, do mestre Carlos Drummond de Andrade, é dedicado a todos nós, irmãos de jornada, constituídos de carne, osso, coração e desejos. Desejo que saibamos o milagre de renascer na vida, de nos reinventar, de nos renovar, como acontece com cada ano que chega a fim de ocupar o lugar do outro. Que saibamos sempre solfejar a primeira sílaba da primeira canção, vinda na luz do dia que nos amanhece. Um lindo renascer para todos nós!

______________________________________

NASCER (Carlos Drummomd de Andrade)

Nascer
outra e outra vez
indefinidamente
como a planta sempre nascendo
da primeira semente;
pensar o dia bom
até criar a claridade
e nela descobrir
a primeira sílaba
da primeira canção.

Anúncios

2 Respostas

  1. Adorei Paulinho… Feliz novo ano… 🌟

    Enviado do Yahoo Mail para iPhone

    • Que bom saber, Carlinha! Uma linda passagem de ano pra você e sua família e sigamos juntos na poesia e demais artes. Beijo grande!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: