OS BENEFÍCIOS DA LUA

fotógrafo profissional e jornalista científico, o francês laurent laveder criou a série intitulada “moon games”, composta por imagens diversas de pessoas que interagem com a lua. nas fotos, faz parecer que o satélite está ao alcance das mãos. eis, aqui, algumas delas. para aumentar o tamanho, basta clicar em cima do que se deseja ampliar.
__________________________________________________________________________

a lua é a imagem do capricho.

ser a imagem do capricho é ser a imagem do esmero, é ser a imagem do cuidado extremo, da dedicação aplicada, da devoção, do empenho em fazer bem feito.

e, a lua, segundo contam, elege as crianças que lhe agradam a fim de que elas sofram, sempre, a influência do seu beijo, a fim de que elas sofram, sempre, com a lufada do seu perfume-luz.

para tanto, a lua desce maciamente a sua escada de nuvens, desliza, sem ruído, através das vidraças, e pousa sobre as crianças escolhidas, com um suave carinho de mãe, as suas cores.

assim, as crianças pela lua preferidas estão fadadas a viverem sob sua influência, amando o que a lua ama e o que a ama:

a água, as nuvens, o silêncio & a noite; o mar imenso & verde; as flores noturnas, monstruosas, que sugerem incensórios (que são recipientes em cujo interior se queima incenso) de alguma religião ignota, isto é, de alguma religião desconhecida, com seus perfumes que turbam, ou seja, com seus perfumes que perturbam os sentidos.

e também a criança eleita pela lua, ao crescer & se transformar em mulher, será amada pelos seus amantes, a criança eleita pelo corpo celeste, ao se tornar uma mulher, será desejada, será cortejada, pelos seus cortejadores, que procurarão, na mulher encantada de lua, o reflexo da terrível divindade.

os amantes  do corpo celeste  buscarão, na mulher enluarada, o reflexo da fatídica madrinha, o reflexo da ama-de-leite (ama-de-leite: aquela que alimenta, que supre a fome de criança alheia), que possui o seu alimento envenenado. e é justamente por causa do veneno contido no leite lunar que são marcados os seus eleitos, que são marcados os seus escolhidos, os seus amantes, amantes que se transformam em lunáticos, isto é, em fanáticos pela lua, ou seja, em amantes vidrados na sua imagem.

a lua: fatídica madrinha, envenenadora de todos os lunáticos.

(creio que o fotojornalista francês laurent lavader, conterrâneo do poeta que escreve as linhas a seguir, seja um dos eleitos pela lua, isto é, um lunático.)

beijo todos!
paulo sabino.
__________________________________________________________________________

(do livro: Poesia e Prosa – Volume único. autor: Charles Baudelaire. organização: Ivo Barroso. tradução: Aurélio Buarque de Holanda Ferreira. editora: Nova Aguilar.)

 

OS BENEFÍCIOS DA LUA

A LUA, que é a própria imagem do capricho, olhou pela janela enquanto dormias em teu berço, e disse consigo mesma: — “Esta criança me agrada.”

E desceu  maciamente a sua escada de nuvens, e deslizou sem ruído através das vidraças. E pousou sobre ti com um suave carinho de mãe, e depôs as suas cores em tuas faces. Então, tuas pupilas se fizeram verdes, e tuas faces extraordinariamente pálidas. Foi contemplando essa  visitante que os teus olhos se dilataram de modo tão estranho; e ela com tão viva ternura te apertou a garganta que ficaste, para sempre, com vontade de chorar.

Entretanto, na expansão da sua alegria, a Lua invadia todo o quarto, como uma atmosfera fosfórica, como um peixe luminoso; e toda esta luz viva pensava e dizia:

— Tu sofrerás para sempre a influência do meu beijo. Serás bela à minha maneira. Amarás o que eu amo e o que me ama: a água, as nuvens, o silêncio e a noite; o mar imenso e verde; a água informe e multiforme; o lugar onde não estiveres; o amante que não conheceres; as flores monstruosas; os perfumes que fazem delirar; os gatos que desfalecem sobre os pianos e gemem como as mulheres, numa voz doce e enrouquecida!

“E tu serás amada pelos meus amantes, cortejada pelos meus cortejadores. Serás a rainha dos homens de olhos verdes a quem também estreitei a garganta em minhas carícias noturnas; daqueles que amam o mar, o mar imenso tumultuoso e verde, a água informe e multiforme, o lugar onde não estão, a mulher que não conhecem, as flores sinistras que sugerem incensórios de alguma religião ignota, os perfumes que turbam a vontade, e os animais selvagens e voluptuosos que são os emblemas da sua loucura.”

E é por isso, maldita e querida criança mimada, que estou agora prosternado a teus pés, buscando em toda a tua pessoa o reflexo da terrível Divindade, da fatídica madrinha, da ama-de-leite envenenadora de todos os lunáticos.

Anúncios

2 Respostas

  1. Está sendo um enorme presente esta leitura, sobre a lua , exatamente hoje que faço aniversário. Me sinto assim uma lunática. Amo-a e a tudo que a ama. Será que fui uma das crianças escolhidas?!

    • cristina,

      primeiramente, os meus parabéns pela data! espero que você esteja tendo um ÓTIMO dia!

      então esta publicação fica como o meu presente de aniversário a você! 😉

      acho que sim, cristina, acho que você e eu fomos crianças escolhidas (rs rs)!

      beijo ENORME!
      mais uma vez: parabéns pela data!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: