COMO ARMAR UM PRESÉPIO

receita de como armar um presépio:
 
1- pegar uma paisagem qualquer.
 
2- cortar todas as árvores da paisagem e tranformá-las em papel.
 
3- enviar ao matadouro todos os animais da região.
 
4- extrair toda a riqueza mineral do solo, para fabricação de automóveis, aviões, tanques, mísseis nucleares.
 
5- despejar os detritos industriais nos rios, nos mares, nos lagos.
 
6- exterminar, com o uso de substâncias químicas tóxicas, os últimos traços de vegetação.
 
7- evacuar a população sobrevivente para os cortiços e favelas.
 
8- erguer o estábulo com restos de madeira, cobri-lo de chapas enferrujadas e esperar que algum boi doente, algum burro fugido, algum carneiro sem dono, venha esconder-se nele.
 
9- esperar esperar esperar…
 
10- quem sabe, ali, não nasce uma criança e a vida recomeça?
______________________________________________________________________________________________________________
 
o homem, ao longo da sua trajetória, ao longo da sua história neste planeta, vem armando os seus presépios, vem transformando este pequenino pedaço de chão azul — ante a grandeza do universo — num grande & inóspito curral.
 
eis a medida do homem:
 
em prol do “bem da humanidade”, em prol do “desenvolvimento humano”, em prol de “melhorias”, em prol de “benefícios para todos”, desmata-se, mata-se, destrói-se, dilacera-se, tudo o que é encontrado pela frente. sem dó nem piedade. em prol da “paz”, guerras & mais guerras & mais guerras. 
 
já começamos a sofrer os reveses de todas as nossas ações irresponsáveis e desmedidas, de todas as nossas ações gananciosas.
 
cuidemos do nosso entorno, cuidemos da população, dos nossos irmãos de trilha.
 
causando-se tanto mal-estar, não adianta acreditar em milagres e esperar que a vida recomece com a vinda de uma criança, esperando que um único ente nasça para nos redimir.
 
fica o alerta. 
 
e fica, sobretudo, o desejo de uma existência menos depredatória, o desejo de uma existência onde as desgraças não sirvam a justificativas de bem-estar social, o desejo de um ano melhor, mais frutífero, mais florido, para todos nós.
 
beijo afetuoso nos senhores!
paulo sabino / paulinho.   
______________________________________________________________________________________________________________
 
(do livro: Poesia completa. autor: José Paulo Paes. editora: Companhia das Letras.)
 
 
 
COMO ARMAR UM PRESÉPIO
 
 
pegar uma paisagem qualquer 
 
cortar todas as árvores e transformá-las em papel de im-
prensa
 
enviar para o matadouro mais próximo todos os animais
 
retirar da terra o petróleo ferro urânio que possa eventual-
mente conter e fabricar carros tanques aviões mísseis nu-
cleares cujos morticínios hão de ser noticiados com destaque
 
despejar os detritos industriais nos rios e lagos
 
exterminar com herbicida ou napalm os últimos traços de
vegetação
 
evacuar a população sobrevivente para as fábricas e cortiços
da cidade
 
depois de reduzir assim a paisagem à medida do homem
 
erguer um estábulo com restos de madeira cobri-lo de cha-
pas enferrujadas e esperar
 
esperar que algum boi doente algum burro fugido algum
carneiro sem dono venha nele esconder-se
 
esperar que venha ajoelhar-se diante dele algum velho pas-
tor que ainda acredite no milagre
 
esperar esperar
 
quem sabe um dia não nasce ali uma criança e a vida reco-
meça?
Anúncios

2 Respostas

  1. Belo. Paulo, Saudações! Obrigado. Pensamento é fim estelar. Assim opta condição última, que não é Tudo, desconfia, exigindo-se morto ao que se sacrifica e de morto mesmo morto, Generoso retorna, as Figueiras sobre as ruínas, a Casa de Marte que não parte, Arte, a própria deles, inventar medos e chorar-Te. (Eu apenas um contador de estórias). Guardarás teu espírito Livre e Amoroso.

    • valeu a visita, querido!

      volte sempre!

      abraço GRANDE!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: